quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Onde comer em Paraty


A fama de Paraty como cidade histórica já é bem conhecida mundialmente, mas o que poucas pessoas sabem é que Paraty é também um verdadeiro paraíso para os amantes da boa gastronomia.  Até ganhou um festival exclusivo de gastronomia. O Folia Gastronômica que acontece todo mês de novembro, mas isso é assunto para outro dia.

Comer bem é fundamental para garantir o sucesso de qualquer viagem e nesse caso comer bem não é sinônimo de pagar caro, nem tão pouco de alta grastonômia. Aqui em Paraty o que não faltam são opções que cabem em qualquer bolso e paladar, por mais apurado que seja.

Como a variedade de cozinhas por aqui é grande, hoje vou falar um pouco da boa e velha comida brasileira, ou como diria nossos saudosos amigos Belgas: nossa comida local.

Os restaurantes mais refinados com chefes de renome estão concentrados no centro histórico  e ilhas paradisíacas da nossa baía. Entre eles destaca-se o famoso Banana da Terra da Chefe Ana Bueno, que tem o clássico prato caiçara peixe com banana, numa releitura digamos mais padrão Master Chef, o tempero é divino, mas não recomendo para quem está com muita fome ou com a verba curta.

Agora se você quer ser muito bem atendido e saborear as delícias da Chefe o restaurante fica na Rua Samuel Costa, abri todos os dias e aceita reservas, conta ainda com uma excelente carta de vinhos. Certeza de comer bem e pagar bem também.

Para quem quer se deliciar com uma bela peixada caiçara e fazer o famoso prato de pedreiro daqueles que a gente sai rolando do restaurante e o que é melhor sem precisar deixar as calças na hora de pagar, a dica é o tradicional Galeria do Engenho, há mais de 30 anos em Paraty é um restaurante simples mas honesto no tempero e no preço com porções para 2 pessoas que alimenta 3 facilmente.

Só não recomendo ir em dias de muito movimento, se houver fila na porta nem perca tempo, pois você vai demorar para ser atendido e corre o risco de não comer bem, já que o restaurante é pequeno.
O Galeria do Engenho também fica no centro histórico na Rua da Lapa também conhecida como rua da corrente.

Para quem gosta na verdade é de uma boa comida caipira, feita no fogão a lenha e com aquele tempero de casa da avó o negócio é pegar a estrada Paraty Cunha até o restaurante do Barão, com uma vista que por si só já vale o passeio, o restaurante é simples de tudo, mas o que tem de simples na estrutura ele tem de rico na culinária. Famoso pela Galinha Caipira que alimenta até 5 pessoas com arroz, feijão, pirão e batata ou aipim. O único inconveniente é que eles não aceitam cartão de crédito. Pagamentos só em efetivo, como diriam nossos amigos chilenos.

O Engenho do Ouro é um complexo com cachaçaria, casa de farinha e restaurante que tem como grande chamariz estar bem em frente da Cachoeira do Tobogã, famoso cartão postal de Paraty. Lá você pode optar pelo bom e velho self service, para quem come pouco é sempre uma boa opção, ou pelo prato tradicional da casa que adivinhem só é Galinha Caipira, difícil dizer qual é a melhor se a do Barão ou a do Engenho. A do Engenho é para duas pessoas e tem opções variadas de acompanhamentos, além do tempero caseiríssimo eles se orgulham de terem participado do programa da Ana Maria Braga. Marias a parte para quem gosta de comida caipira a galinha com aipim é deliciosamente caseira.

Se a sua praia é uma bela carne vermelha recomendo a costela no bafo do Sancho Pança, feita por 12 horas no bafo, (óbvio!), a costela derrete na boca é simplesmente de lamber os beiços literalmente! Também com várias opções de acompanhamento e pratos fartos para duas pessoas. A minha preferida é com feijão branco. Se você é como eu e sempre torceu o nariz para o feijão branco só tenho uma coisa a te dizer: EXPERIMENTE!!!

O Sancho Pança também tem opções de peixes e no inverno faz com maestria o rei dos pratos de inverno a nossa famosa feijoada. Feijoada já é sinônimo de prato cheio a deles para duas pessoas vai deixar você triste de tanto comer. Perfeito para aqueles dias de leseira em que você quer ficar a tarde toda de pernas pro ar.

O Sancho Pança também fica na Estrada Paraty Cunha no km 2, abre para o almoço e jantar, aceita cartão de crédito e é uma ótima opção para fugir do agito da cidade.


Mexicanos, japoneses, italianos, franceses,  tailandeses, árabes e por ai vai…. Tem de quase tudo em Paraty, no próximo post eu conto mais dessa verdadeira Torre de Babel gastronomica de Paraty.